O adolescente Luan Gabriel Nogueira de Souza, de 14 anos, estava indo comprar um pacote de bolacha para saciar sua fome antes do almoço, quando teve sua vida interrompida com um tiro na nuca realizada por agentes do Polícia Militar de Alckmin/PSDB no último domingo, 5 de novembro de 2017.

 

O grupo de rap Ameaça Vermelha lança música sobre a chacina de camponeses em Pau D'Arco.

https://www.youtube.com/embed/z5e7muLMQPA

LETRA:

 

rebeldia_das_massas_3

 

Importante tese do Movimento Estudantil Popular Revolucionário (MEPR) que deslinda o caminho entre um movimento estudantil democrático e revolucionário e de um movimento burocrático eleitoreiro representado pelas organizações pelegas UNE-UBES e as siglas do Partido Único. Nós da Unidade Vermelha - Liga da Juventude Revolucionária manifestamos acordo e tomamos posição pelo primeiro caminho em nosso trabalho junto à juventude secundarista.

 

    Os ataques do governo contra o ensino público estão cada vez mais graves. A situação das escolas e universidades é drástica e demanda que todos os estudantes se posicionem decididamente! Os próximos anos serão uma verdadeira guerra em defesa do nosso direito de estudar e aprender, para barrar a privatização da educação e arrancar na marra as melhorias no ensino que tanto precisamos e desejamos. Mas, para construir a educação que queremos, precisamos nos armar do principal instrumento de luta e resistência: nossa organização!
    Hoje, mais do que nunca, é fundamental fortalecermos o movimento estudantil independente dos governos, democrático, combativo e revolucionário e isto só será possível se traçarmos uma clara linha de demarcação entre os que lutam e os que fingem lutar.
 

Reproduzimos a notícia do Períodico El Pueblo.

No dia 11 de Setembro de 2017 as 11h30 da noite aproximadamente, foi detida de forma brutal e arbitrária Itamar Diáz de 18 anos, moradadora de Villa Francia, estudante secundarista e vice-presidente do Centro de Estudnates do Liceo Sara Blinder.

Itamar estava entrando em sua casa quando um barreira de Carabineros (instituição de polícia ostensiva militar do Chile), que se encontravam reprimindo os protestos da população, entrou em sua frente em um veículo blindado, saiu do carro e foi diretamente golpeá-la e tomá-la detida. Seu irmão e sua mãe sairam em sua ajuda e foram também ameaçados com armas de fogo e brutalmente golpeados pelas Fuerzas Especiais.

Em meio à detenção, a policia implantou bombas Molotov em Itamar, passando o controle de detenção e ameaçando uma prisão preventiva. É por isso que fazemos um amplo e urgente chamado a apoiar Itamar e exigir sua liberdade incondicional. Repudiamos absolutamente as maquinações do Velho Estado, amparadas por leis antipovo e facistas como a Lei de Controle de Arma, contra a juventude que luta.

LIBERDADE INCONDICIONAL A ITAMAR E A TODOS/AS OS/AS PRESOS/AS POR LUTAR!

ABAIXO A CRIMINALIZAÇÃO CONTRA A POPULAÇÃO DE VILLA FRANCIA!

ABAIXO AS MAQUINAÇÕES DO VELHO ESTADO E SUA LEI FACISTA DE CONTROLE DE ARMAS!