Somos Rebeldia (2018)

 

 

(Letra em breve)

 

Demarcar linha de classe (2018)

 

 

(Letra em breve)

 

Rap combativo contra a farsa eleitoral (2018)

 

 

(Letra em breve)

 

“Remís Carla”(2018)

Ameaça vermelha no Ar

RAP pra Revolução!

 

Dia 17 de Dezembro, Pernambuco, vamos lá,

Mais um crime contra o povo pro RAP denunciar.

Paulo César assassino 'cê ainda vai nos pagar,

matou a filha do povo que ousava guerrear

 

Companheira Remís Carla, a História nunca esquecerá

seu exemplo e trajetória rega a luta popular.

Mídia burguesa propaga, manipula e culpa a vítima,

quantas mulheres morrem nas mãos desses parasitas?

 

Delegacia de policia, quartel do Velho Estado,

Sem preocupação com o povo aplica a Lei do Descaso

e nesse caso, o proletariado assume a tarefa:

o assassino e o Velho Estado não vão sair livres dessa

 

Não é promessa, é certeza. O povo ainda vai cobrar,

todo crime contra as massas é o fuzil que vai vingar.

Mulher do povo combatente, decidida a lutar

Será lembrada para sempre, seu exemplo a emular

 

Na luta popular despertou a tirania

Com o povo lutou e encarnou a ideologia

O sangue vai regar a luta que Remís seguia

Paulo César assassino será justiçado um dia

 

E ao Marchar a responsabilidade é grande,

porém as mulheres do povo são forte

 

Queremos saudar e mostrar que estamos aqui

E que não esqueceremos o crime contra Remís

Encontrada pelas massas e a morte atestada

Outra morte do Velho Estado e da Lei Burguesa falha

 

A semifeudalidade que a mulher massacra

e o feminismo burguês que confunde e atrasa

mas nossa ideologia é cientifica e poderosa

destino árduo e vitória gloriosa

 

As mortes tem pesos diferentes

algumas tem peso de pena, outras peso de combatente.

E hoje o sangue as sementes rega,

sementes da Revolução por toda terra

 

Preso pela pressão popular,

Paulo Cesar se liga no recado que as massas dá

SE MATAREM UM DAQUI! DEZ DE LÁ VAMOS MATAR!

COMBATENTE BIA, VINGADA SERÁ!

 

Cês acham que nos param? Hã, eu só lamento

aos tigres de papel, nós não temeremos

na luta sem quartel,

nós conquistaremos a metade do céu

e com a classe venceremos.

 

E ao marchar a responsabilidade é grande,

porém as mulheres do povo são fortes!

 

Estudante organizada de consciência elevada

Lutava e Guerreava sempre ao lado das massas,

quem não se lembra do seu histórico de luta

nas ruas de Pernambuco, expressa decisão absoluta

 

Foi pelas mãos do Velho Estado que o sangue escorreu

e ainda não entendem a chama que se ascendeu

Foi uma combatente que vocês mataram

e o povo deixou claro “o seu sangue será vingado”

 

Esse é o recado de SP, do AV, vem da rua

Firmes companheiros pois a luta continua

E o RAP de SP é sem massagem,

nas linhas denunciando os crimes covardes

E contra o Velho mundo, artistas de novo tipo,

seguiremos resistindo, seguiremos resistindo

E para a juventude, um único caminho:

a Revolução, glorioso destino

 

Refrão:

nos tiraram um e há milhares aqui

presente na luta,

companheira Remís! (2x)

 

“Descendentes do Araguaia” (2017)

 

Hã, Ameaça Vermelha

 

Ameaça Vermelha soma mais uma vez,

Suzano, agora é nossa vez,

rebeldia aqui a fora, que cresce no fundo afora

e que apavora todos os Reis

 

Somos Juventude Proletária,

filhos dos torturados, queimados, assassinados por vocês

Somos a voz dos oprimidos, explorados e famintos

que com armas nas mãos derrubarão vocês.

 

Somos Descendentes do Araguaia

que não fogem da batalha,

Descendentes de Corumbiara.

Descendentes dos escravos, pés-descalços, lombo-bixados

pela chicotada dada pelos latifundiários.

 

Somos reserva e vanguarda de choque da Revolução

Organizando e Politizando através do som

Somos rebeldia em cada célula do corpo

por isso uma pá de porco tá me querendo morto

 

Refrão:

Eu vou lutar como os Guardas Vermelhos,

Vou resistir como indígenas e negros.

Sempre nas massas eu irei me apoiar,

e pela Revolução sempre lutar.

 

Olhe ao redor e enxergue o resultado

Dor, doença e tortura desse lado.

Do outro lado eu não queria nem citar

crianças se prostituindo para gringo agradar.

Famílias que passam fome e não conseguem sustentar

os quatro filhos e o mais novo que acaba de chegar.

Sua meritocracia não consegue alcançar

o Campo e a Favela continuam a sangrar

 

Com Ideologia Proletária venceremos a batalha

com a unificação dos campos e quebradas.

Avante, Avante, Avante Juventude!

A Luta é o que muda, o resto só ilude!

 

Que possamos atender o chamado

ir a Campo para lutarmos lado-a-lado

com a Juventude Camponesa que enfrenta o Estado

e com determinação toma terra de Latifundiário

Que a sua luta se espalhe pelo Mundo,

que os povos da Terra sigam o mesmo rumo.

 

Refrão:

Eu vou lutar como os Guardas Vermelhos,

Vou resistir como indígenas e negros.

Sempre nas massas eu irei me apoiar,

e pela Revolução sempre lutar.

 

(O Ameaça Vermelha deixa uma saudação à toda Juventude Camponesa

que com determinação tem tomado todas as terras do Latifúndio.

Viva Juventude Camponesa!

Viva a Revolução Agrária!)

 

“Resposta à Chacina de Pau D'arco” (2017)

 

 

Mais uma vez, viemos denunciar

A Chacina de Pau D'arco

Latifúndio do Pará

Fazenda Santa Lúcia sabe o que aconteceu?

Mais um crime hediondo que o estado cometeu

 

Dia 24 mano, eu vim te falar

A PM já, preparada pra matar

Invadiu a fazenda com acordo entre estado

Delegacia Especializa em Conflito Agrário!

 

Hã, Xô mostrar pra você

A justiça é tão falha eles nem tentam esconder

Famílias inteiras se é preciso exterminar

Os bota podre, nem ligam quantos vão ter que tombar

 

Mataram Jane Julia olha quanta covardia

Não por ser mulher mas porque as massas dirigia

Uma família inteira, desestruturada

Filhos, Pais, Mortos à bala

Olhe e enxergue a Realidade Agrária

 

Povo tratado assim num País semicolonial,

Camponês sem terra num País semifeudal

Isso me revolta, e me faz pensar

Será que eles acham, que o povo não vai cobrar?

Estado Fascista, derrubar por inteiro

O povo sempre vence, esse é o roteiro

Destruir o velho mundo e a resistência edificar

Já reconquistaram Santa Lúcia, rapá!

 

AV, Rap Combativo ta aqui mais uma vez

Periferia dando apoio a revolta camponês

Foram 11 dessa vez que tombou por sua terra

No campo ou na cidade a justiça aqui é cega

E quem nega é quem não viu

Os corpos empilhados

Os parentes revoltados

E os assassinos de Pau D'arco

Foi no máximo afastado

A quem serve esse Velhos Estado?

Ao império genocida, e ao latifundiário!

 

Réh, Alguns aqui num bota fé no que eu falo

Mas enquanto você reflete, mais sangue é derramado

Ta ligado que o Ameaça deixa a mensagem clara:

TODO APOIO AO CAMPO! REVOLUÇÃO AGRÁRIA!

 

Aí MC do RAP e as ideia? Vamos ver...

Vai logo desenrolando oque é o RAP pra você?

Apoiar a luta do povo é o primeiro procedê!

Na favela ou no campo eu sei que o povo vai vencer!

 

Finalmente pode crê, o sangue vai ser cobrado

Quem matou ou torturou ainda vai ser justiçado

Ai carrasco vai achando que o povo vai esquecer

A justiça proletária ainda aguarda por você

Aqueles que deram a vida vão nos fortalecer

Esse é o recado de SP, do AV, vem da rua!

Firmes companheiros porque a luta continua!

Firmes companheiros porque a luta continua!

 

Refrão:

É Crime de Estado!

vÉ Crime de Estado!

A Chacina de Pau D'Arco

É Crime de Estado!

11 dessa vez, que foram tombados

Ainda vai ser cobrado!

Morte ao Latifundiário!

 

“Juventude Combatente parte II” (2017)

 

 

(Junho/Julho de 2013 a Juventude Combatente vai ás Ruas

e ergue alta a bandeira da Revolução.

Ameaça Vermelha,, Juventude Combatente part II)

 

Juventude ta na rua, agora o bicho ta pegando

Molotov, barricada e a polícia recuando

Rebeldia Popular! Expulsando o tirano

Lembro daquele mano que o gambé assassinou

Agora o povo experimenta a sua justa vingança

Barrar o opressor, respondendo a matança!

O choro da criança que não tinha o que comer

Agora virou ódio, se liga no procedê

Carros virados, bancos quebrados

Fascista encurralado, haa, ce tá ligado!

 

Chamaram de vandalismo, o moleque encapuzado

que na Luta Combativa é prejuízo pro estado.

Aí pacifista, conformado,

engula seu discurso!

Porque o povo já cansou, de viver levando murro!

A paz que você prega só existe no seu mundo

Se a opressão é violenta, a violência é o escudo!

 

Refrão:

Que as Jornadas de Junho

Aconteçam muitas vezes!

Na defesa do povo

Filhos de 2013 (4x)

 

Juventude Combatente não tem medo do Estado!

O império treme com o povo organizado

O rebelado entendeu que só a luta muda tudo,

e pra você burguês fodeu, ao povo pertence o mundo!

 

No fundo o verme sabe que o povo vai cobrar

Morte aos torturadores do regime militar!

Se é pra falar, vamos lembrar o mano desaparecido

Juventude não esquece o que fizeram com o Amarildo

 

Réh! Quem é o bandido nessa terra de ninguém?

Só a policia na favela faz o povo de refém

Se acha o super-man porque tem colete e Glock

Mas eu já vi a choque correr do black bloc!

 

Seu toque de recolher, não intimida a nossa gente!

Vem reprimir pra ver que as bala já ta no pente

Vocês nunca vão esquecer da Juventude Combatente!

Vocês nunca vão esquecer da Juventude Combatente!

 

(Refrão 4x)

Que as Jornadas de Junho

Aconteçam muitas vezes!

Na defesa do povo

Filhos de 2013

 

“Juventude Combatente parte I” (2016)

 

 

Ameaça Vermelha no Ar

Juventude Combatente

 

Em 2011 na UNIR se iniciou

uma grande greve que derrubaria o Reitor

Duvidaram da Resistência dos Estudantes

O Sr. Haddad disse: “Pegue suas coisas, vai”

 

Em 2012 foi Greve dos Professô

Tomaram Paraná a ferro e fogo, meu senhor

Ambas greves rompidas com quem atrasa a luta

UNE/APEOESP pelega e corrupta

 

Voltando agora, alguns anos atrás

Em resposta a guerra que acabá com a paz

(imagens ao vivo de Bagdá, 21h da noite tem inicio a maior ofensiva aérea a capital do Iraque

bombas explodem na capital iraquiana)

Estudante se armou de bomba e molotov

e fez 2003, hã, entrar para História

A Juventude se rebela à cada dia

e junto as massas guia a Revolução de Nova Democracia

 

Refrão:

Somos Estudantes, não somos pacifistas

viva a luta antiimperialista

Somos estudantes, não somos pacifista

viva a heróica resistência palestina

Somos Estudantes, não somos pacifistas

viva a luta combativa, única via

Somos Estudantes, não somos pacifistas

Viva Juventude combativa!

 

Em 2013 isso só se confirmou

a Juventude vai lutar contra o nosso opressão

Foram protestos combativos que abalaram a cidade

no Brasil inteiro 3,20 é uma fraude

 

Em 2014 a copa chegou

e a Juventude em alto e bom som, então já declarou:

“Não vai ter copa, não queremos o senhor

fora FIFA do país ou tiraremos o senhor”

 

Duvidaram então fomos lá e comprovamos

as ruas foram tomadas em quase todo canto

para fazer esse evento famílias foram despejadas

higienização das ruas não foi piada

O genocídio contra o povo só aumentava

(O neymar fez mais um gol deixa para lá as falhas)

A Juventude se rebela à cada dia

e junto as massas guia a Revolução de Nova Democracia

 

Refrão:

Somos Estudantes, não somos pacifistas

viva a luta antiimperialista

Somos estudantes, não somos pacifista

viva a heróica resistência palestina

Somos Estudantes, não somos pacifistas

viva a luta combativa, única via

Somos Estudantes, não somos pacifistas

Viva Juventude combativa!

 

Após um decreto do Governador

Reorganização escola já começou

Juventude ocupou reocupou as Escolas

em todo o Brasil o grito se ouviu:

“Não feche minha escola, não feche minha escola, não feche minha escola”

E foi protesto que seguiu

Recebidos pela repressão do Estado

Estudantes mortos, por nada condenados

 

Queriam deter a nossa luta

mas não conseguira, a Juventude não recua ao som de tiro

Era bomba, era tiro, bando de covardes

agressão em protesto, hã

Ainda bem que temos Resistência Palestina em nossas veias

e uma dúvida ainda cerca minha cabeça:

“onde foi parar a minha merenda?”

 

Eu cansei de esperar por vocês

fora UNE/UBES, ei, voltem para o APÊ

Ea Juventude se rebela à cada dia

e guia a Revolução de Nova Democracia

Ea Juventude se rebela à cada dia

e juntos as massas guia a revolução de Nova Democracia

Ea Juventude se rebela à cada dia

e juntos as massas guia a revolução de Nova Democracia

Ameaça Vermelha no Ar

Juventude Combatente

 

“O Guerrilheiro” (2016)

 

 

(com partes da música de David Zé - Mwangolé)

O guerrilheiro que passa o tempo lá na mata

O guerrilheiro que passa o tempo lá na mata

O guerrilheiro que passa o tempo lá na mata

O guerrilheiro que passa o tempo lá na mata

 

Lá na mata vermelha de sangue do povo

que resiste lá no morro, lá no campo

Em todo canto, em todo ser eu vejo

o guerrilheiro que sem medo de morrer

sabe o que vem primeiro: terra pro meu povo

guerra ao inimigo, porquê o povo organizado pro Império é perigo

 

E o Jovem Combatente de punho erguido

diz que se morrer pelo seu povo tá tranquilo

varrendo o imperialismo de toda a nação

eu luta pela classe de todo coração

e a morte é só o preço da Revolução

 

E Mwangolé, a fúria da juventude combatendo o opressor

porquê quem sentiu na pele sabe qual é o valor

do nosso sangue precioso que o fascismo derramou

mas se alegre meu senhor, esse é o fim da exploração

e se eu tiver que tombar, vai ser com o fuzil na mão

amor da classe eu vou levar

até o dia da vitória porque esse vai chegar

tá escrito na História: o povo vai triunfar

 

O guerrilheiro que passa o tempo lá na mata

O guerrilheiro que passa o tempo lá na mata

Lá na mata do Maiombe, lá na chanas do leste

aonde chove todo dia

aonde os mosquitos não se encontram

os minuins já não se encontram

a gente as vezes passa fome para libertar o nosso povo

esse é o preço da revolução

E mawgolé

 

Coloco-me d epé a serviço da revolução

Enfrentado a morte, vingando cada irmão

O sangue do meu povo que hoje rega a terra

é sangue de revolução que a fúria desperta

Fúria do Estado, burguesia, latifundiário

que persegue o povo com seus cães fardados

que mata camponês, escraviza o operário

tiro a queima roupa em estudante é travado

Criança de seis anos com destino já traçado

a sua vida e sua morte estão nas mãos do Estado

 

Estado que será derrubado

o Poder vai ser tomado

A fúria do meu povo varrerá a opressão

e com entusiasmo saudaremos os soldados que lutaram lá

Lá na mata do Maiombe, lá na chanas do leste

Lá na mata do Maiombe, lá na chanas do leste

aonde chove todo dia

aonde os mosquitos não se encontram

os miruins já não se encontram

a gente as vezes passa fome para libertar o nosso povo

esse é o preço da revolução

E mawgolé

 

Os filhos do povo atenderam ao chamado

convocados para a luta lá na mata entocados

porquê a repressão é bruta e o País subjugado

é camponês sem terra e operário escravizado

Mas uma coisa é certa é o Império sendo arrastado

porquê o povo se levanta e guia a justa guerra

ideologia cientifica e amor por sua terra

ele não erra o caminho da revolução

o seu sangue guerrilheiro jamais será em vão

obrigado por lutar por libertação

 

“Aliança Operário-Camponesa” (2016)

 

 

Ameaça Vermelha no ar!

É R-A-P combativo de novo pra te falar que

Guerra Popular é o que o povo necessita

Tomar de volta o Poder das mãos dos parasitas

 

A chama avermelhada ainda paira na cidade,

No Campo, nas favelas, nas quebradas submersas

De sangue latino-americano

Índio, negro, pardo, cadê meus manos ?

Ameaçados, de despejo por causa de pesos

Ouro, joias raras, mortos pelas armas engatilhadas do canalha latifundiário

Cê ta cavando a sua cova, mais um passo e BUM!

Já se foi mais um problema do povo

Maldito egocêntrico!

Não medirei esforços para ver o tiro atravessar seu peito.

(rá tá tá tá tá) Justiça Revolucionaria será feita,vai vir vingar:

Cleomar Rodrigues, Jair Maciel, Juarez Coelho, Terezinha Nunes,

José Dourado, Walquiria Costa, Enilson Ribeiro Clóvis Ribeiro,

Valdiro Chagas, Renato Nathan, Paulo Justino.

 

Eles também fizeram parte da luta do povo

E esquecidos não foram.

PRESENTES NA LUTA!

Guias da Revolução Proletária, na cidade e no campo.

 

Refrão:

Exploração de povos dá pra poucos a riqueza

Trabalhador vai boicotar a eleição burguesa

Derrota após derrota, a vitória é uma certeza

E Viva a Aliança Operário-Camponesa (2x)

 

Se você pensa que com espelhos nos comprou o opressor,

Lamento te informar, mas o meu povo lutou

Contra escravidão, amarras, que só nos reforçou

"Uni-vos operários taquem fogo no senhor"

 

De maneira pacífica não se ganhará a guerra

Violência será devolvida na mesma moeda

Peguem suas armas se preparem pro combate

Vamos na linha de frente, reforçando o ataque

 

Exército do povo já te vitória garantida.

Da teoria á prática, da prática á teoria

Levante de 35, Guerrilha do Araguaia,

Nas Ligas Camponesas, faltou a vanguarda

Revolucionaria e não revisionista.

Morte aos malditos partidos trotskistas!

Revolução através de eleição, quem diria

Vejam que evolução não acompanha essa linha.

 

Refrão:

Exploração de povos dá pra poucos a riqueza

Trabalhador vai boicotar a eleição burguesa

Derrota após derrota, a vitória é uma certeza

E Viva a Aliança Operário-Camponesa (2x)

 

E no mundo do rap, o Capão já avisou

"500 anos de Brasil e essa porra não mudou".

Mas preste atenção otário colonizador

Não houve um só momento em que meu povo não lutou.

 

Em todos seus ataques contra o trabalhador

Houve revolta popular pra expulsar o opressor

Classes em conflitos não é de hoje que existe

Ta na História a verdade que o imperialismo omite.

 

Então aceite esse convite pra ciência da História

O que a escória conta o povo tem que jogar fora

Desde 1500 o Brasil é dominado,

Na falsa independência acreditou o conformado.

 

E segue o povo escravizado sem saber quem é o tirano

O Estado é submisso ao império Norte-Americano

Responsável pela fome e o atraso da nação,

Dividiu os explorados pra não ter Revolução.

 

Enquanto falam de eleição o camponês é perseguido

Pelo latifúndio e sua corja de bandido.

O medo do inimigo é um povo com ideologia

Construindo Revolução de Nova Democracia!

Como foi no Peru, Vietnã e China

Guerra Popular mobilizou até as minas

Sem as mulheres Revolução não haveria

Viva a heroica Resistência Palestina!

 

Refrão:

Exploração de povos dá pra poucos a riqueza

Trabalhador vai boicotar a eleição burguesa

Derrota após derrota, a vitória é uma certeza

E Viva a Aliança Operário-Camponesa

Exploração de povos deu pra poucos a riqueza

Trabalhador já boicotou a eleição burguesa

A derrota faz da vitória uma certeza

E viva a Aliança Operário-Camponesa."