Jovens militantes da Liga da Juventude Revolucionária (UV - LJR) e do Movimento Estudantil Popular Revolucionário (MEPR) prestaram suas saudações revolucionárias em solidariedade aos presos políticos da Índia, somando-se à campanha internacional.

26 e 27 de janeiro foram definidos pelo Comitê Internacional de Apoio à Guerra das Pessoas na Índia (ICSPWI, sigla em inglês) como dias internacionais de ação em solidariedade aos prisioneiros políticos da Índia. A vigorosa campanha exige a Liberdade para o Dr. GN Saibaba, principal dirigente da Frente Democrática Revolucionária (RDF), e os dirigentes maoístas Camarada Kobad Ghandy e Camarada Ajith.