Reproduzimos a notícia do Períodico El Pueblo.

No dia 11 de Setembro de 2017 as 11h30 da noite aproximadamente, foi detida de forma brutal e arbitrária Itamar Diáz de 18 anos, moradadora de Villa Francia, estudante secundarista e vice-presidente do Centro de Estudnates do Liceo Sara Blinder.

Itamar estava entrando em sua casa quando um barreira de Carabineros (instituição de polícia ostensiva militar do Chile), que se encontravam reprimindo os protestos da população, entrou em sua frente em um veículo blindado, saiu do carro e foi diretamente golpeá-la e tomá-la detida. Seu irmão e sua mãe sairam em sua ajuda e foram também ameaçados com armas de fogo e brutalmente golpeados pelas Fuerzas Especiais.

Em meio à detenção, a policia implantou bombas Molotov em Itamar, passando o controle de detenção e ameaçando uma prisão preventiva. É por isso que fazemos um amplo e urgente chamado a apoiar Itamar e exigir sua liberdade incondicional. Repudiamos absolutamente as maquinações do Velho Estado, amparadas por leis antipovo e facistas como a Lei de Controle de Arma, contra a juventude que luta.

LIBERDADE INCONDICIONAL A ITAMAR E A TODOS/AS OS/AS PRESOS/AS POR LUTAR!

ABAIXO A CRIMINALIZAÇÃO CONTRA A POPULAÇÃO DE VILLA FRANCIA!

ABAIXO AS MAQUINAÇÕES DO VELHO ESTADO E SUA LEI FACISTA DE CONTROLE DE ARMAS!