Print
Category: Blog
Hits: 154

 

Com informações de A Nova Democracia

Em meio às diversas manifestações espontâneas que relevaram mais uma vez o rechaço popular à farsa eleitoral, três jovens foram alvo de prisões arbitrárias e acusados pelo velho Estado do “crime” de participar de protestos, no dia 7, domingo.

Ao que tudo indica, os jovens foram levados para a Polícia Federal e estão presos no 2ª Delegacia de Polícia de Campinas, porém as informações são desencontradas. A polícia tem sonegado informações de acordo com ativistas locais que prestam solidariedade e só hoje pela manhã é que se confirmou que o juiz responsável manteve a prisão dos jovens, e mesmo assim não se sabe em que caráter.

A juventude organizada em Campinas presta solidariedade nesse momento em frente à delegacia, bem como os advogados do povo. “Convocamos todos os ativistas, democratas e patriotas a fazerem o mesmo, por se tratar de uma defesa do direito de lutar.” disse um ativista do movimento popular.

Num contexto geral em que o velho Estado promove mais uma farsa eleitoral, sendo rechaçado de forma retumbante pelas massas, com mais de 40 milhões de pessoas lhe boicotando, e de perseguição fascista e criminalização àqueles que se levantaram em 2013 em massiva rebelião e de preparação de um golpe militar, é extremamente necessário que todo o povo defenda seus direitos, ao defender aqueles presos injustamente no processo.

O movimento popular em Campinas também está organizando, segundo o ativista, um fundo de solidariedade para pagar os custos do processo de defesa e prestar auxílio às famílias.