Bandido Negro

Castro Alves

Corre, corre, sangue do cativo
Cai, cai, orvalho de sangue
Germina, cresce, colheita vingadora
A ti, segador a ti. Está madura.
Aguça tua fouce, aguça, aguça tua fouce.

(E. SUE - Canto dos filhos de Agar)

Trema a terra de susto aterrada...
Minha égua veloz, desgrenhada,
Negra, escura nas lapas voou.
Trema o céu ... ó ruína! ó desgraça!
Porque o negro bandido é quem passa,
Porque o negro bandido bradou:

A seguir reproduzimos o manifesto do grupo de R.A.P. combativo Ameaça Vermelha (AV)

Ameaça Vermelha

Surgido em 2015, o Ameaça Vermelha é fruto do processo revolucionário que avança no Brasil. Assumindo um papel de propagandear a Revolução de Nova Democracia ininterrupta ao Socialismo, como ÚNICO caminho possível para a emancipação da classe trabalhadora e a construção de um novo mundo sem a exploração do homem pelo homem.

 

A seguir, reproduzimos fotos e vídeos da Greve Nacional da Educação, que ocorreu no dia 13 de Agosto em todo o país.

Mais uma vez, a juventude combatente tomou às ruas, gritou as consignas de "Greve Geral de Resistência Nacional", "Fora Ianques da América Latina", "Fora de Gaza Israel fascista!" e "Nem Bolsonaro, Nem Mourão, Nem Congresso de Corruptos e Fora Forças Armadas Reacionárias!".

A juventude também incendiou as bandeira fascistas e genocidas do imperialismo ianque e seu cão de guarda de Israel.

Foi demonstrado o caráter internacionalista das manifestações da juventude com a solidariedade aos presos políticos na França, perseguidos pelo imperialismo francês em função das jornadas de luta dos "Jalecos Amarelos".

Confira as fotos e vídeos:

 

OS HOMENS DA TERRA

Vinicius de Moraes

Em homenagem aos trabalhadores da terra do Brasil, que enfim despertaram e cuja luta ora inicia.

Senhores Barões da terra
Preparai vossa mortalha
Porque desfrutais da terra
E a terra é de quem trabalha
Bem como os frutos que encerra
Senhores Barões da terra

Preparai vossa mortalha.
Chegado é o tempo de guerra
Não há santo que vos valha:
Não a foice contra a espada
Não o fogo contra a pedra
Não o fuzil contra a enxada:
- União contra granada!
- Reforma contra metralha!